GÊNERO E EQUIDADE

polícia, lugar de mulheres?

Autores

Palavras-chave:

Polícias, Lugar, Mulheres, Direitos Humanos, Equidade

Resumo

No Estado de Goiás, duas polícias, mais do que sesquicentenárias, cumprem suas missões constitucionais de prestar o serviço de segurança pública à sociedade. Mulheres dividem com os homens o ambiente interno da Polícia Militar e da Polícia Civil, no nível operacional, gerencial e estratégico da estrutura institucional. Este texto tem o objetivo de analisar a percepção de integrantes das instituições policiais sobre o lugar das mulheres na Polícia. Trata-se de pesquisa que apresenta aportes teóricos e conceituais sobre relações de poder nas corporações, estigma, relações de gênero e hierarquização social sob a ótica dos Direitos Humanos. O procedimento metodológico incluiu um levantamento bibliográfico e a aplicação de questionário, empregando a técnica de amostragem por conveniência, com produção de resultados que refletem o universo pesquisado a partir da disponibilidade de respondentes sobre a temática polícia, relações de gênero e equidade.

Biografia do Autor

Luciana de Oliveira Dias, Universidade Federal de Goiás (UFG)

Antropóloga, com estudos pós-doutorais em Direitos Humanos e Interculturalidades pela Universidade de Brasília - UnB (Supervisão de Rita Laura Segato). Estudiosa do pensamento feminista negro e bolsista de produtividade em pesquisa nível 2 do CNPq, possui Doutorado e Mestrado em Ciências Sociais pela UnB e Graduação (bacharelado e licenciatura) em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Goiás - UFG. Realizou Estágio Doutoral em Educação Intercultural na Universidad Nacional Autónoma de México - UNAM. Associada a: ABA (Associação Brasileira de Antropologia), atualmente é Diretora da ABA e foi coordenadora do Comitê de Antropólogas/os Negras/os da ABA no biênio 2019-2020; ANDHEP (Associação Nacional de Direitos Humanos, Pesquisa e Pós-Graduação); SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência); ABPN (Associação Brasileira de Pesquisadores/as Negros/as), tendo sido editora da Revista da ABPN no biênio 2017-2018; e IPSA (International Political Science Association). Atualmente é Professora Associada da UFG, com atuação na Secretaria de Inclusão (SIN/UFG), na Faculdade de Ciências Sociais (FCS), na Educação Intercultural Indígena (Núcleo Takinahaky); no Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Direitos Humanos (PPGIDH), tendo sido coordenadora deste Programa no período de 2014 a 2016; e, no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS), tendo sido coordenadora deste Programa no período de 2019 a 2020. É coordenadora e líder do Grupo de Pesquisa no CNPq: Coletivo Rosa Parks: Estudos e Pesquisas sobre Raça, Etnia, Gênero, Sexualidade e Interseccionalidades - UFG; e, Coordenadora de Pesquisa do Núcleo de Direitos Humanos - NDH-UFG. Tem experiência na área de Ciências Sociais na América Latina e Antropologia das Populações Afro-brasileiras, atuando principalmente nos seguintes temas: Relações étnico-raciais e de gênero; Direitos Humanos; Educação intercultural indígena; Migrações internacionais. 

CV: http://lattes.cnpq.br/9317426815646934

Glauco Leão Ferreira Alves, Universidade Federal de Goiás (UFG)

Doutorando do Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Direitos Humanos da Universidade Federal de Goiás; Mestre em Agronegócio pela Universidade Federal de Goiás, na área de concentração em Sustentabilidade e Competitividade dos Sistemas Agroindustriais, linha de pesquisa Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional; Especialista em Gestão do Agronegócio pela Universidade Federal de Goiás; Especialista em Formação em Educação à Distância pela Universidade Paulista - UNIP; Bacharel em Administração Pública pela Universidade Federal de Goiás; Bacharel em Direito pela Universidade de Rio Verde; Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Distrito Federal; Bacharel em Teologia pela Faculdade de Teologia de Boa Vista; Técnico Agropecuário-CEFET/ Rio Verde. Coordenador do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Perícia, Auditoria e Direito Tributário da Faculdade Araguaia - Goiânia/GO, de março de 2013 até dezembro de 2014. Professor de Fundamentos da Logística, Logística Integrada, Desenvolvimento Sustentável, Avaliação de Desempenho e Fundamentos da Administração do Curso Superior de Tecnologia da Universidade Paulista - UNIP; Professor de Direitos Humanos e Princípios Éticos da Escola Superior da Polícia Civil do Estado de Goiás - ESPC; Professor das disciplinas Gestão de Riscos, Padrões e Sistema de Policiamento, Logística, Direitos Humanos dos Cursos de Pós-Graduação da área de Segurança Pública da Faculdade Serra da Mesa - FASEM, instrutor da Escola de Governo Henrique Santillo desde maio de 2014, Professor de Organização e Logística da Academia da Polícia Militar do Estado de Goiás e Professor do Instituto Lato Sensu em Segurança Pública, Gestão Pública e Recursos Humanos. Tem experiência na área de Segurança Pública, com ênfase em Direitos Humanos, atuando principalmente nos seguintes temas: Logística, Gestão de Riscos, Gestão Pública, Padrões e Sistema de Policiamento.

CV: http://lattes.cnpq.br/1844737589096676

Ana Paula de Toledo Vieira, Universidade Federal de Goiás (UFG)

Possui graduação em Gestão em Segurança Pública pela Universidade Estadual de Goiás (2005) , graduação em Ciências Biológicas Modalidade Médica pela Universidade Católica de Goiás (2002), especialização pela Faculdade Lions em Auditoria em Serviços de Saúde (2009), mestrado em Medicina Tropical e Saúde Pública pela Universidade Federal de Goiás (2012), atuando principalmente em parasitologia e histologia, atualmente é aluna de doutorado em Direitos Humanos, no Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Direitos Humanos na Universidade Federal de Goiás. Atuou como professora adjunta no Programa de Pós Graduação e Extensão do Comando da Academia da Polícia Militar do Estado de Goiás, foi Professora na Faculdade Lions em Goiânia (GO) e na Faculdade de Itapuranga, em Itapuranga (GO), Professora no Colégio e Faculdade Sul D'América em Aparecida de Goiânia (GO) e professora dos cursos de Pós-graduação no Instituto Brasileiro de Extensão Educacional (IBEED) em Goiânia (GO) .Tem experiência na área de Estudos Sociais de Polícia, Metodologia Científica, Políticas de Saúde em Segurança Pública e Parasitologia.

CV: http://lattes.cnpq.br/4342249399592371

Downloads

Publicado

2022-05-04